Financiamento de imóvel residencial pelo Banco BMG

Confira as principais características do financiamento imobiliário do Banco BMG

O Financiamento Imobiliário tem sido uma das soluções para muitos brasileiros conseguir realizar o sonho da casa própria. No financiamento o banco credor (Banco BMG) paga parte do imóvel ao vendedor e o solicitante (comprador) paga ao banco o financiamento em um determinado período com taxas de juros acordado. 

O Banco BMG atua de forma a facilitar o seu sonho de ter a casa própria proporcionando o financiamento imobiliário, seu crédito é feito de forma rápida, fácil e sem complicação.

O Banco BMG financia imóvel para pessoas físicas e que queiram ter imóvel residencial urbano, possibilitando em até 80% de financiamento sobre o imóvel, com até 20 anos (240 meses) para pagar e taxas de juros cerca de 11,50% ao ano.

Para entender como funciona o financiamento imobiliário no Banco BMG, veja um fluxo simples para garantir a liberação do seu crédito.

A primeira etapa consiste em efetuar a simulação, para facilitar você deve procurar uma agência mais próxima, a sua proposta irá ser encaminhada para verificar a capacidade de pagamento para o valor solicitado, pois nessa etapa são informados dados do comprador, dados do vendedor e dados do imóvel.

  • Análise do Imóvel

Depois da aprovação do crédito, engenheiros credenciados pelo Banco BMG irão fazer uma avaliação para verificar se o imóvel atende os requisitos e se não há nenhum empecilho para realizar o financiamento. Um dos diferenciais dessa etapa, é que o Banco BMG assume todas as despesas e custos com levantamentos e análises.

  • Assinatura e Registro de Contratos

Após a Análise do Imóvel é elaborado o contrato de financiamento imobiliário para assinaturas entre as partes envolvidas. Você deve levar o contrato para registrar em cartório e após a efetivação do contrato, levá-lo novamente ao Banco BMG para que a quantia seja liberada ao vendedor do imóvel.

Se for possível utilize o seu FGTS para facilitar o seu financiamento, verifique as condições:

  • Trabalho em regime de FGTS de no mínimo 3 anos;
  • Deve ser imóvel para domicilio, ou seja, residencial;
  • Não pode ter imóvel financiado pelo SFH (Sistema Financeiro de Habitação);
  • Não pode ter imóvel em seu nome na cidade onde mora ou trabalha;
  • O imóvel que pretende adquirir não pode ter recebido a utilização do FGTS nos últimos 3 anos.

Financiamento da casa própria na CAIXA Econômica Federal 

Conseguir ter a casa própria é o sonho de muitos brasileiros, ter mais liberdade, ter seu espaço, poder pintar da cor preferida, são coisas simples, mas que quando é feito na casa própria deixa o brasileiro satisfeito. Mas por onde começar para ter a casa própria?

Atualmente existem maneiras de conseguir “aquela grana” para ter a casa própria, uma delas é o financiamento imobiliário. O financiamento é feito pelos bancos, onde pagam uma parte do valor do imóvel ao vendedor, a partir desse momento o solicitante do financiamento (comprador) para ao banco a quantia fornecida durante o tempo acordado. 

A CAIXA Econômica Federal está entre os bancos mais requisitados pelos brasileiros no momento de financiar um imóvel, por ter juros adequados e prazos longos.

Quando o solicitante do financiamento faz o pedido a CAIXA, é feita toda uma análise de crédito para ter a certeza que o solicitante terá condições de honrar com as parcelas do financiamento imobiliário. Pode ser solicitado o crédito para compra de imóvel novo ou usado, imóvel residencial ou comercial, imóvel em lote urbanizado ou terreno. Vale lembrar que o banco só autoriza que o solicitante gaste 30% da renda na parcela e essa etapa inicial há reprovações caso o solicitante não consiga comprovar a renda. Continue lendo aqui…

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

© 2017 Simulador Financiamento Todos os direitos reservados.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?